Exportações recuam nalguns dos municípios do Norte incluindo da Maia

0
273

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) através do seu boletim trimestral indica que as exportações de bens do 3º trimestre de 2019 baixaram nalguns dos concelhos do Top 5 de exportadores, nomeadamente nos casos de Vila Nova de Famalicão (-1,1%), Guimarães (-1,8%) e na Maia (-3,4%). Mas cresceram em Braga (14,0%) e em Vila Nova de Gaia (9,4%).

Assim, a Maia é um dos concelhos destes cinco maiores exportadores onde as exportações recuaram, sendo que dos três concelhos onde isso aconteceu, foi na Maia que a baixa foi mais acentuada.

Nos concelhos vizinhos da Maia, existe agora uma tendência de aumento das exportações, registando-se subidas em Matosinhos (15,3%), Trofa (14,3%), Vila Nova de Gaia (9,4%), Gondomar (8,9%), Vila do Conde (6,8%), Póvoa de Varzim (3,6%) e Valongo (0,1%).

No conjunto da Região Norte, as exportações cresceram 3,2% no 3º trimestre de 2019 face ao período homólogo do ano transato, invertendo a tendência de queda observada no 2º trimestre de 2019 (-1,7%).

Uma recuperação que resulta, sobretudo, do crescimento em 3% das exportações para o mercado intracomunitário, após a variação de -2,4% verificada no trimestre anterior.

É de notar que no contexto do país, o crescimento das exportações foi mais moderado (0,8%) em ligeira desaceleração face ao valor registado no trimestre anterior (1,1%).

É notório ainda que o valor das exportações da Região do Norte continua a ser significativamente superior ao das importações. No 3º trimestre de 2019, a balança comercial registou mais 2,9 p.p. face ao trimestre anterior.