Farmácias da Maia no plano de vacinação de última hora no distrito do Porto

0
297

Como o pico da gripe está previsto para os próximos dias em Portugal (de acordo com o Instituto Ricardo Jorge), as farmácias estão a fazer um derradeiro esforço para vacinar a população ainda desprotegida. O distrito do Porto tem pelo menos 339 farmácias habilitadas a administrar vacinas contra o vírus da gripe. Dessas, 23 são no concelho da Maia, que aderem a este plano da ANF – Associação Nacional das Farmácias.

No continente e nas ilhas, existem pelo menos 2.326 farmácias portuguesas habilitadas a administrar a vacina contra a gripe. Esta semana reforçaram stocks, para facilitarem o acesso à vacina aos portugueses de qualquer ponto do território.

«As farmácias são a rede de serviços de saúde melhor distribuída no território e de mais fácil acesso pela população, por isso devem assumir a sua responsabilidade na proteção da Saúde Pública», declara Rute Horta, Diretora de Serviços Farmacêuticos da ANF.

A vacinação evita mortes, diminui os riscos associados à doença e está indicada durante todo o Outono e Inverno. «As pessoas devem vacinar-se já. Nunca é tarde para prevenir».

As farmácias dispõem de farmacêuticos com formação específica e reúnem todas as condições de segurança protocoladas para a administração de vacinas. Até ao momento, já foram dispensadas 509 mil vacinas na rede de farmácias.

Assim, na Maia, pode vacinar-se nos próximos dias nas seguintes farmácias: Bom Despacho, Bastos, Aliança, Sousa Beirão, Lima Coutinho, Álvaro Agante, Moreira Barros, Central, todas na Cidade da Maia; ainda em Agra (Milheirós), Eugénia (Pedrouços), Vales (Pedrouços), Vila Nova da Telha, Guardeiras (Moreira, Gramaxo (Moreira), Araújo (Nogueira e Silva Escura), Mendonça (S. Pedro Fins).

Em Águas Santas aderem as farmácias: Martins da Costa, Nova de Ardegães, do Lidador e da Maia. Finalmente no Castelo da Maia a vacinação pode ser feita nas farmácias de Gemunde, do Castelo e Nova da Maia.