Feira de Pedras Rubras e envolvente vai ter remodelação de 1 milhão de euros

0
450
imagem visitmaia.pt
- Publicidade -

A Câmara da Maia adjudicou a empreitada de remodelação do Mercado-Feira de Pedras Rubras, na freguesia de Moreira. Os trabalhos têm um custo de 1,18 milhões de euros e deverão demorar cerca de um ano.

A empreitada implica a requalificação urbana de todo o espaço da Feira, áreas urbanas e vias municipais envolventes, nomeadamente a Praça do Exército Libertador (Feira de Pedras Rubras), na freguesia de Moreira, e toda a área envolvente à Capela Nossa Senhora Mãe dos Homens, Capela do Cristo Rei e Capela das Alminhas, áreas de circulação viária e pedonal, onde serão introduzidas melhorias ao nível da circulação pedonal para a mobilidade universal e implementados conceitos ao nível viário com o objetivo de regular o estacionamento, de forma a servir as necessidades locais.

A autarquia visa ainda com estas obras proporcionar, nos dias de feira, uma gestão mais adequada ao nível da ocupação de lugares de tenda com viaturas.

As árvores existentes irão manter-se, estando prevista a implantação de mobiliário urbano para melhorar a fruição de todo aquele espaço público de estadia, comércio e lazer.

O local hoje designado Praça do Exército Libertador, onde tem lugar semanalmente a Feira de Pedras Rubras, está ligado a um dos movimentos transformadores mais importantes da História de Portugal: As Guerras Liberais, nome pela qual ficou conhecida a guerra civil entre absolutistas e liberais, entre 1828 e 1834.

O desembarque das tropas liberais, lideradas pelo rei D. Pedro IV, – o Desembarque do Mindelo – ocorreu na verdade na Praia dos Ladrões, em Pampelido, em 8 de julho de 1834. Da praia, após o desembarque, o batalhão de Caçadores nº 5 marchou em direção a Pedras Rubras, onde acampou no Largo da Feira.

O rei seguiu igualmente para Pedras Rubras onde pernoitou na casa do proprietário Manuel Andrade. Na manhã do dia seguinte houve beija-mão real no Largo da Feira, findo o qual as tropas liberais marcharam sobre o Porto.

imagem CMM
- Publicidade -