Feira (I)limitada vai ter cinco mini-empresas de escolas da Maia

0
240

O NorteShopping recebe, esta sexta-feira, mais uma edição da Feira (I)limitada do Porto. Uma iniciativa da associação Junior Achievement, no âmbito do programa A Empresa, dirigido aos alunos do ensino secundário e profissional. Os alunos são desafiados a assumirem o papel de mini-empresários e, como tal, têm de criar um empresa real, eleger o presidente e directores, produzir e vender produtos ou serviços, fazer relatórios e reuniões de accionistas e, no final do projecto, vender as acções da empresa.

Para esta feira foram seleccionadas 17 mini-empresas. Entre elas, estão cinco mini-empresas criadas por alunos de duas escolas do concelho da Maia: Secundária da Maia (3) e Secundária do Castelo (2). Cada uma delas vai dar a conhecer os seus produtos nesta feira e, quem sabe, vender as suas ideias. Percursos, SunnyLife e Garbage To Go, vão estar a representar a Escola Secundária da Maia. E pela Escola Secundária do Castelo estarão a Lusocortiça e a INBOX Glasses.
A Lusocortiça vai apresentar um estojo reversível, em cortiça, sendo um dos lados impermeável, que pode ser utilizado para guardar material escolar ou transformado em mala a tiracolo.

Pela mesma escola, a INBOX Glasses apresenta uma caixa de óculos inovadora. Ao contrário da caixa de óculos tradicional, o produto da INBOX Glasses consegue compactar os óculos, o líquido e o pano de limpeza numa só caixa, com formato cilíndrico e com uma película transparente, que possibilitará ao consumidor alterar o seu padrão sempre que desejar.
A SunnyLife criou um mini forno solar totalmente desdobrável e portátil. Funciona através de quatro painéis reflectores que devem ser direccionados a Sul e através do efeito reflector dos raios solares, aquece um frasco de cor preta, que absorve a luz solar mais facilmente. Tem também um segundo factor de aquecimento e manutenção da temperatura, que é o efeito de estufa, gerado por painéis de acrílico.
A Garbage To Go vai dar a conhecer o ecobag. Trata-se de um mini ecoponto portátil, forrado por forma a ser de prática lavagem, que pode ser transportado pelas pessoas na carteira, na pasta, ou preso a um cinto, e que permite às pessoas guardarem alguns resíduos em vez de os deitarem para o chão.

A Percursos vai tentar comercializar o EasyWay. Trata-se de um serviço que consiste num sistema de mensagens, que vai funcionar como GPS. A zona pré-definida foi a zona ribeirinha do Porto, conhecida pelos seus pontos históricos, pelos bares, restaurantes e caves de vinho do Porto. Através de um número de SMS, os utilizadores poderão ter acesso a todo um conjunto de informações, incluindo o roteiro da zona que pretende visitar, via MMS.
As mini-empresas seleccionadas terão ainda de passar por um concurso nacional que se realizará em Lisboa. Caso vençam, terão garantida a presença no concurso europeu que reunirá alunos de vários pontos da Europa.

Fernanda Alves