Ginásio nos Bombeiros de Moreira da Maia

1
162

Desde a noite de segunda-feira que os elementos dos Bombeiros Voluntários de Moreira da Maia têm à disposição um ginásio dentro do próprio quartel. Trata-se de uma sala equipada com diversas máquinas para trabalhar o aspecto físico e onde não faltam também sugestões de planos de treino, embora vão estar também disponíveis dois elementos para apoio a este nível.

A ideia partiu do comandante, Manuel Carvalho, por entender que a valência m seria “relevante para os voluntários”. Para a escolha dos equipamentos, contou com a ajuda do adjunto Joaquim Caetano e do bombeiro Cristiano.

Reconhece o adjunto que esta é uma mais-valia importante para a corporação, já que uma melhor preparação física dos bombeiros é um primeiro passo para um melhor serviço prestado.

Ouça as declarações do adjunto de comando, Joaquim Caetano:

[audio:GINASIO_BOMBEIROS.mp3]

Este ginásio pode ser usado por quem o desejar, de forma voluntária, mas será também palco de instrução ordenada pelo comandante dos Bombeiros Voluntários de Moreira da Maia, como parte integrante da formação a que estão sujeitos os elementos da corporação.

Para preparar a sala e equipar este ginásio, a direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Moreira da maia investiu cerca de dez mil euros.

Marta Costa

1 COMENTÁRIO

  1. em resposta a vossa reportagem sobre o ginasio dos bombeiros da maia, tudo akilo nao passa de de fumo escuro, pois so os ditos dois k ajudaram a escolher as makinas , sao eles k a usam, pk nao ha instruçoes nesse sentido de bombeiros usarem o ginasio para a tal melhor forma , k dizem…e o tal investimento k falam de 10 mil euros, nao passa de uma mentira…a nao ser k seja para fugir com algum valor , pk os aparelhos foram oferta do fc boavista pelos serviços gratuitos ka nós fazemos aos jogos deles…..gostaria k vós investigassem o noso kuartel…pois isto nao passa de uma ditadura k a muitos anos acabou em portugal. 85% dios bombeiros estao insatesfeitos com a organizaçao e comando desta associaçao.

Comments are closed.