Grupo Português de Saúde não está à venda

0
112

A Sociedade Lusa de Negócios (SLN) não vai vender o Grupo Português de Saúde, empresa que está a construir o Hospital do Lidador, S.A. A notícia é avançada pela Lusa, que cita Alberto Figueiredo, um dos accionistas do grupo e que garantiu que o GPS é a única empresa que não está à venda.

O accionista foi um dos elementos do conselho superior do grupo que esta quarta-feira, aprovaram por unanimidade as “Opções Estratégicas” apresentadas pelo conselho de administração, presidido por Miguel Cadilhe.

O documento, que vai ser agora sujeito à assembleia geral marcada para o dia 18 deste mês, aponta como caminho estabelecer parcerias e tentar um ‘volte face’ da parte do grupo, “alienar as restantes actividades e destinar receita das vendas à redução de passivos”, referiu Alberto Figueiredo à Lusa.

Ainda segundo a Lusa, à saída da reunião que decorreu esta quarta-feira no Europarque, em Santa Maria da Feira, Miguel Cadilhe disse ter a sua opinião formada no que toca às áreas de negócio do grupo SLN que vale a pena manter e as que é preferível alienar. No entanto, remeteu a decisão final para a reunião geral de accionistas que vai realizar-se, daqui a cerca de 10 dias, no Hotel Tiara Park Atlantic, em Lisboa.

Isabel Fernandes Moreira