Hernâni Ermida mostrou como fazer um batido saudável

0
268

O projecto de saúde escolar “O pequeno grande almoço” lançou mais um desafio, desta feita, dirigido aos pais. Na passada segunda-feira, pais e encarregados de educação foram convidados a comparecer na Escola EB1/JI de Pedras Rubras, em Moreira da Maia, para um Workshop com o Chef de cozinha e padrinho do projecto, Hernâni Ermida.

Intitulado “Quem quer ser saudável?”, este workshop tinha como objectivo mostrar aos pais que é possível fazer uma refeição diferente, agradável e, sobretudo, saudável. “Vou fazer um batido saudável, que pode muito bem ajudar esta refeição, que muitas vezes se salta. É também uma chamada de atenção para os pais, de que num batido podem ter ingredientes que, de uma maneira equilibrada, os podem deixar saciados”.
Neste batido, não faltaram o leite, iogurte, frutas e cereais. Uma proposta diferente, para um pequeno-almoço completo.

Hernâni Ermida apadrinha o projecto pelo terceiro ano consecutivo, num concelho onde, diz, ainda se come saudável. “A Maia, quer queiramos quer não, ainda está metida num centro rural. E é no centro rural onde se come saudável, onde há as couves, o feijão, as leguminosas. É agradável olhar para estas crianças e ver que ainda têm uma alimentação muito equilibrada”, sublinhou. São valores da dieta mediterrânica que ainda se mantêm em algumas regiões do nosso país, e que acabam por ser economicamente vantajosas para as famílias, para além dos benefícios na saúde. “A dieta mediterrânica não nos obriga a gastar muito dinheiro. Nesta dieta, come-se muito pouca carne vermelha. Não é preciso muito dinheiro para comer saudável”, reforçou o Chef Hernâni Ermida.

Presente neste Workshop esteve também o vereador da educação, Nogueira dos Santos que, mais uma vez lembrou que este projecto de saúde escolar, tem como missão “incentivar a toma do pequeno-almoço em família, como forma de produção de energia e capacidade de aprendizagem aos alunos”.
Para além da demonstração do Chef Hernâni Ermida, neste Workshop foram ainda deixados, aos pais e encarregados de educação, alguns conselhos para uma alimentação mais equilibrada, através dos técnicos do Gabinete de Saúde da Câmara da Maia. O projecto de saúde escolar “O pequeno grande almoço” tem ainda como entidades parceiras, a Faculdade de Ciências da Nutrição da Universidade do Porto e o Agrupamento de Centros de Saúde da Maia.

Fernanda Alves