In Utero promove convívio

0
176

Pais, bebés e enfermeiras especialistas em Saúde Materna e Obstetrícia juntaram-se no passado sábado nas Piscinas Municipais de Águas Santas. Foi o convívio do In-Utero, para assinalar o primeiro aniversário deste Centro Português de Preparação para o Parto, instalado na Maia.

E foi numa sala deste complexo municipal que se juntaram as enfermeiras responsáveis pelo projecto – Dina Pereira e Clara Aires – as mamãs que frequentaram os cursos do centro, alguns maridos e os bebés. Sem esquecer algumas grávidas que estão ainda a frequentar os cursos.

Já com a bebé de sete meses ao colo, Joana Almeida, de Rio Tinto, não hesitou em fazer parte do convívio, depois de ter ficado agradada com os cursos que frequentou. E reconhece que a “ajudou em tudo, principalmente a vencer aquilo primeiro receio de ‘será que eu vou fazer as coisas bem?’”. Desde o início do encontro estavam também nas Piscinas de Águas Santas Patrícia Fernandes e Pedro Silva, da Maia, e pais da pequena Rita, de oito meses. Durante a gravidez, Patrícia conheceu o In-Utero através da Internet, numa altura em que “as dúvidas são muitas”, mas que viu esclarecidas, ao mesmo tempo que ganhou “auto-confiança”. E o casal ainda criou um novo grupo de amigos.

Como presente para os e as utentes do centro, o In-Utero ofereceu na tarde de sábado uma sessão de esclarecimento e demonstração sobre o pano porta-bebés.

Ao fim de um ano de funcionamento, Dina Pereira faz um balanço “muito positivo” do trabalho do In-Utero. Passaram pelo centro cerca de 50 casais, que frequentaram os até há pouco tempo dois cursos disponíveis: preparação para o parto e parentalidade e recuperação pós-parto e massagem ao bebé. E, ao que parece, “as pessoas têm ficado satisfeitas com aquilo que têm encontrado”, acrescentou a enfermeira.

Marta Costa

(Notícia a desenvolver na edição desta semana de Primeira Mão)