INEM será deslocalizado do Castelo da Maia para a sede da Cruz Vermelha na Maia

0
472
Cruz Vermelha da Maia
- Publicidade -

Será uma reorganização de monta a que deverá ocorrer nos próximos tempos na sede da Cruz Vermelha na Maia, dado que também deverá receber em breve todo o centro operacional do INEM, atualmente a funcionar na Unidade de Saúde do Castelo da Maia.

“Está quase definido”, afirmou José Ferreira, delegado especial da CVP delegação da Maia, explicando que, desta forma, “o INEM tem melhores acessibilidades e mais facilmente poderá efetuar os transportes em situações de emergência, uma conquista que nos enche de orgulho”.

José Ferreira acrescenta que as lacunas que existiam de falta de ambulâncias para casos de emergência na Maia, dado que o concelho não possui um hospital público, vão ficar em breve resolvidas com maior eficácia do INEM a juntar ao acréscimo de ambulâncias da Cruz Vermelha da Maia, que no último ano adquiriu quatro novas viaturas.

A vereadora Emília Santos (com pelouro da Saúde na Câmara da Maia) considera que esta deslocalização irá resolver o problema do INEM, que “nas suas saídas do Castelo da Maia tem que enfrentar um trânsito muito carregado, com muitas filas, na EN14. Na delegação da CVP na Maia, as saídas são mais rápidas, pois a sede fica perto da rotunda de Vermoim, para além de que está próxima das escolas e da Zona Desportiva”, explicou Emília Santos, com instalações “muito dignas para o INEM, que além de espaço de parqueamento para ambulâncias, terá zona de descanso para os socorristas, cozinha, balneários e uma sala de formação. Algo que atualmente não possuem”.

Emília Santos salienta que, assim, “conseguimos concentrar na sede da Cruz Vermelha da Maia uma frota imensa para prestar uma resposta de emergência fantástica”.

Apesar de o acordo “ainda não estar fechado”, a vereadora salienta que para a concretização deste protocolo com o INEM muito contribuíram o delegado especial da Cruz Vermelha da Maia, José Ferreira, que “tem sido incansável”, e o “senhor presidente da Câmara, Silva Tiago, pois foi ele que recebeu nos Paços do Concelho o diretor regional do INEM e mostrou disponibilidade para encontrar soluções”.

- Publicidade -