Jornadas médicas transmitidas online a partir da Maia (Junta de Águas Santas)

0
206
imagem DR
- Publicidade -

 

 

Cerca de 400 jovens médicos de família, provenientes de centros de saúde de todo o país, reúnem-se nos dias 20 e 21, na 8ª edição das Jornadas Médicas Maia-Valongo.

 

A decorrer em formato virtual, com transmissão a partir da Junta de Freguesia de Águas Santas, na Maia, o evento “pretende promover um debate sobre temáticas originais e pertinentes para a prática da Medicina Geral e Familiar”.

Entre os temas em destaque estarão a insónia, o exercício físico, a geriatria e a sexologia clínica.

No caso da insónia, haverá uma mesa redonda sobre o tema que abordará desde o diagnóstico ao tratamento. A sessão contará com a presença de Pedro Morgado, Psiquiatra e investigador no Hospital de Braga, a quem foi recentemente atribuído o FLAD Science Award Mental Health, o maior prémio nacional para investigação clínica na área da Saúde Mental; e Hugo Rodrigues, pediatra na Unidade Local de Saúde do Alto Minho, em Viana do Castelo, autor do blog “Pediatria para Todos”.

O painel sobre o exercício físico, pretende “sensibilizar os jovens médicos de família para a prescrição adaptada de atividade física e intervenção breve junto dos utentes”.

Haverá ainda palestras nas áreas da geriatria e sexologia clínica e “momentos de partilha dedicados à apresentação de trabalhos desenvolvidos pelos participantes”.

Vai decorrer também uma tertúlia noturna, transmitida pelo Porto Canal, intitulada “Para Além da Medicina”, na qual estarão presentes várias personalidades que desenvolvem atividade em paralelo com a carreira de Médicos de Família, desde o humorista e músico Carlos Vidal, a Pedro Figueiredo, baterista da banda “Os Quatro e Meia”, e a Ana Paula Cruz (mais conhecida por Lokas Cruz), médica humanitária e ativista pelos direitos humanos.

As jornadas são organizadas por jovens médicos de família com o apoio científico da Ordem dos Médicos e apoio institucional das duas autarquias, Maia e Valongo, ACeS Maia-Valongo, Junta de Freguesia de Águas Santas, LACES Maia e Sindicato Independente dos Médicos.

 

- Publicidade -