Jovem da Maia com doença incurável junta dinheiro para casa adaptada

0
213
foto facebook de Rui Pedro
- Publicidade -

Rui Pedro, de 23 anos, mora em Milheirós, na Maia, e sofre de uma doença geneticamente incurável – distrofia muscular de Duchenne – que o obriga a deslocar-se numa cadeira de rodas.

O estudante de Contabilidade e Administração do ISCAP, tem o sonho de conseguir construir uma casa adaptada às suas necessidades. O jovem calcula precisar de mais de 200 mil euros para a construir e graças à solidariedade de muitos, já juntou cerca de 33 mil.

“A minha casa não está preparada para aqui andar de cadeira de rodas. Tanto que na passagem para o meu quarto bato imensas vezes com os pés na porta, porque é estreita e, à conta disso, já me magoei várias vezes. Também não tenho um quarto de banho adaptado e, quando lá preciso de ir, tenho de deixar a cadeira no corredor e a minha mãe é que me leva ao colo” conta Rui Pedro, descrevendo numa entrevista ao JN que numa ocasião, em novembro, acabou por partir a perna direita.

Com uma incapacidade física de 85%, e dependendo da mãe para tudo, o jovem não tem dúvidas de que a nova casa lhe trará a tão desejada “autonomia”. Já começou a esboçar no computador, uma planta de uma “casa térrea” em que o quarto passa dos atuais 13 metros quadrados para 25, com direito a uma suite.

Casa com domótica

“Tenho uma arquiteta que já se disponibilizou a fazer o projeto e um senhor que prometeu os muros. Assim haja dinheiro para conseguir comprar um terreno para depois fazer a casa com módulos de contentores”, explicou.

Fazer obras na residência onde Rui vive com a mãe e a irmã “está fora de questão”, porque os pais estão em processo de divórcio e a casa será para vender.

O jovem, que é atleta federado do Futebol Clube do Porto desde 2016, na modalidade de Boccia, idealiza uma casa inteligente, controlada pela voz.

Como ajudar

Rui Pedro tem uma campanha a decorrer que serve para angariar fundos até 30 de abril para a construção da casa. Atualmente, já 37 apoiantes disponibilizaram 694 euros, cerca de 1% daquilo que o jovem precisa.

A campanha pode ser acedida através desta página da causa do Rui Pedro.

Quem preferir proceder a uma transferência bancária pode fazê-lo através do seguinte IBAN: PT50 0007 0000 0007 3819 4262 3 ou através da aplicação MB Way para o número: 917 680 531.

- Publicidade -