Judiciária investigada mortes de mãe e filha encontradas em casa

0
200

Polícia Judiciária está a investigar o caso de uma mãe e filha que foram encontradas mortas em casa no concelho da Maia. A GNR foi chamada ao local na quarta-feira, tendo encontrado na residência em Moreira da Maia as duas mulheres já cadáveres.

Terá sido a mãe, de 72 anos, que matou a filha, de 42, tendo cometido depois suicídio, de acordo com notícias avançadas por jornais nacionais.

A relação entre Adélia Viana e a filha era conflituosa, conta o JN, que ouviu o testemunho dos vizinhos das vítimas. A filha, Manuela, tinha uma doença mental que a impedia de trabalhar e o ambiente em casa era muitas vezes pautado por discussões entre as duas mulheres.

Adélia Viana não terá conseguido suportar mais os acessos de violência da filha e terá cometido homicídio matando-se em seguida.

A causa das duas mortes terá sido uma intoxicação por ingestão de medicamentos, o que ainda será confirmado com o resultado das autópsias.

O marido, com mais de 80 anos, não se terá apercebido o que estava a acontecer. O casal era aposentado e tinham ambos alguns problemas de saúde e dificuldades de mobilidade. Acabaria por ser o homem a encontrar mulher e filha já mortas dentro de casa.