Julgamento de novo adiado

0
98

Voltou a ser adiado o início do  julgamento de trabalhadores da TAP e da Brigada Fiscal da GNR.

Ao todo, são 19 os arguidos alegadamente envolvidos no desvio de artigos no Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Respondem por crimes de corrupção, furto e receptação de artigos desviados, com proveitos avaliados em mais de 150 mil euros. Entre os anos 2001 e 2004.

Pela segunda vez em duas semanas, o início do julgamento, a decorrer no Porto, foi adiado devido a uma anomalia técnica que impediu a gravação dos depoimentos das testemunhas.