Julgamento por corrupção começa hoje

0
7

Uma rede de 19 pessoas começa hoje a ser julgada no Palácio da Justiça, no Porto. O julgamento esteve previsto para o Tribunal da Maia, mas o espaço é pequeno para albergar os 19 arguidos e quase 70 testemunhas.

Entre eles estão quatro militares da Brigada Fiscal da GNR, 11 funcionários da TAP – Air Portugal, no Aeroporto do Porto, e vários empresários. São acusados pelo Ministério Público (MP) da Maia de crimes de corrupção, furto e receptação de objectos roubados. Entre 2001 e 2004, terão desviado mercadorias de luxo que passavam pelo aeroporto Francisco Sá Carneiro, com proveitos na ordem dos 150 mil euros. Desde vestuário de marca a relógios de luxo, objectos em ouro e computadores portáteis.

De acordo com a edição de hoje do "Jornal de Notícias", que cita a acusação do MP, os colaboradores da TAP violavam os caixotes ou pacotes dos produtos a desviar, para depois os venderem a empresários dos respectivos sectores.

Marta Costa