Lar de O Amanhã da Criança vai ser evacuado pois tem 20 infetados

0
337
Residência Sénior

Os idosos que permanecem na residência sénior “O Amanhã da Criança”, do concelho da Maia, onde ocorreu uma morte, pelo menos, devido à covid-19, vão ser retirados e levados para outros estabelecimentos do Grande Porto.

José Manuel Correia, da direção da instituição refere que a evacuação está a ser preparada e que os idosos irão para estabelecimentos do Grande Porto, alguns hospitais e outras instituições em análise.

As últimas notícias incluem as duas mortes no Lar nas causas da pandemia Covid-19, apesar de inicialmente José Correia ter referido que um dos idosos não teria falecido devido ao coronavírus.

O balanço feito esta quinta-feira às 18h00 era de 10 utentes e 10 funcionários infetados, sendo que três idosos tinham sido transportadas a hospitais do Porto e 50 utentes e trabalhadores aguardavam a realização de testes de despistagem do novo coronavírus.

O JN noticia que o diretor José Manuel Correia numa atitude desesperada ponderava uma “medida radical” para que as autoridades de saúde o “acudissem”.

“Já liguei para todos os lados, empurram com a barriga desta para aquela entidade. Só me falta colocar os idosos lá fora e pedir que resolvam. O que pedimos foi para que nos deixem higienizar o lar por completo para depois todos regressarem em segurança para cá”, disse José Manuel Correia.

O concelho da Maia aparece em quarto lugar no relatório da Direção-Geral da Saúde (DGS) em número de infetados.