Lipor Geração + certifica mais duas escolas da Maia

0
288
- Publicidade -

Está a decorrer desde ontem, dia 15, e até ao dia 22 de fevereiro a entrega dos Certificados “Coração Verde” atribuídos a mais seis estabelecimentos de ensino do município da Maia, no âmbito do Projeto “Lipor Geração+”.

A Escola EB1 do Castelo da Maia, a Escola Secundária do Castelo da Maia e a Escola EB1/JI D. Manuel II recebem os certificados pela primeira vez, enquanto que o Jardim de Infância da Campa do Preto, a Escola EB1 de Porto Bom e a Escola EB1 de Frejufe renovam a certificação.

O certificado “Coração Verde” é atribuído no âmbito do projeto “Lipor Geração+”, uma oferta educativa que promove o compromisso dos cidadãos com boas práticas ambientais, facilitando a aquisição de competências promotoras de maior intervenção cívica, capazes de alimentar o crescimento e a consolidação de processos ambientalmente responsáveis.

Tendo por base da sua intervenção a otimização dos processos ambientais da instituição, o “Geração+” atua no desenvolvimento de práticas promotoras de uma gestão de resíduos equilibrada envolvendo a realização de ações concretas no terreno.

Esta iniciativa permite ganhos económicos concretos para as instituições intervencionadas. Desde a implementação do “Geração+” em 2014, foram desenvolvidas 3.752 ações de intervenção direta nas instituições, em que participaram 84.997 cidadãos. Já foram certificados nos oito municípios que integram a Lipor um total de 67 instituições, 20 das quais no concelho da Maia.

É uma aposta nas gerações do futuro, sublinha o presidente da Câmara da Maia, António Silva Tiago, “tudo começa aqui e eu próprio nunca pensei que os resultados que temos obtido seriam tão favoráveis. O certo é que a experiência que tenho diz-me que é nestas crianças de tenra idade que, à partida poderíamos pensar que não seriam o melhor veículo para transmitir este conhecimento e estes projetos, mas é através deste veículo humano que chegamos às gerações mais velhas, as crianças são o verdadeiro veículo para levar estes projetos por diante”.

A Maia consegue obter “tão bons resultados” a nível ambiental devido à aposta, aponta o autarca, que a autarquia tem vindo a fazer nas “gerações mais novas, nos últimos 20 anos. Foi importante termos aberto a escola de educação ambiental na Quinta da Gruta, que é uma espécie de catedral na área ambiental. A convergir neste único sentido, depois, temos ações desenvolvidas pela Câmara, Maia Ambiente e Lipor”.

- Publicidade -