Mãe do bebé abandonado é da Maia

0
199


A mãe do bebé abandonado, no sábado à tarde, à porta de um prédio em Vilar do Pinheiro, Vila do Conde, arrependeu-se e agora quer o bebé de volta. A mulher, de 30 anos é residente na Maia e entregou-se esta segunda-feira à PSP.

A mulher escondeu gravidez do marido e de familiares e teve o bebé sozinha em casa, na sexta-feira. Depois, no sábado abandonou-o junto a um prédio em Vilar do Pinheiro, Vila do Conde, “vestida e bem tratada” e junto dela foram deixados um “biberão e uma lata de leite em pó com o código de barras raspado”, confirmaram as autoridades policiais.

O bebé encontra-se no Centro Hospitalar na Póvoa de Varzim. Na altura, em que deu entrada, fonte hospitalar afirmava que tudo indicava que o parto da criança tinha sido “clandestino”, uma vez que na altura em que foi encontrado, o bebé tinha o cordão umbilical “amarrado com um fio dental”.

Ontem, os remorsos levaram-na a entregar-se à polícia. A mulher acreditou que não seria capaz de educar mais uma criança. Empregada de uma lavandaria e residente na Maia, já é mãe de três filhos – o mais pequeno com 18 meses e o mais velho com sete anos.

O menino está no hospital da Póvoa de Varzim e já lhe chamam Afonso.
A decisão se a mãe pode levar o filho para casa vai ser analisada ainda esta terça-feira pelo Tribunal da Póvoa de Varzim.