Maia com compactadores de verdes de última geração, os “tubarões”

0
317
- Publicidade -

 

Com o objetivo estratégico de aumentar a capacidade da recolha de resíduos de jardim e melhorar a sua gestão, a Maiambiente, Entidade Gestora de Resíduos do Município da Maia, adquiriu dois novos compactadores com caraterísticas especiais, destinados ao Ecocentro de Moreira e Ecocentro de Nogueira.

 

Os novos equipamentos – “tubarões” – concebidos com uma boca de carga de grandes dimensões e uma elevada força de compactação, permitem a entrega de resíduos de jardim diretamente a partir da plataforma de descarga e o aumento até três vezes do volume de resíduos de jardim recebidos, sem necessidade de aumentar o espaço ocupado.

 

Reduzir o número de viagens necessárias para enviar os resíduos de jardim para tratamento é também um dos benefícios destes novos compactadores, que estima uma redução das emissões em 8.6 toneladas de CO2 anuais, associadas ao transporte.

 

Uma ação que objetiva consciencializar a população maiata para a relevância do correto encaminhamento destes resíduos na cadeia de valor, uma vez que originam um composto orgânico de elevada qualidade, e reforçar a posição de referência na recolha seletiva de resíduos do Município da Maia.

 

Apoiado por fundos da União Europeia

A operação POSEUR-03-1911-FC-000317, cofinanciada pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, contribuirá para a valorização de resíduos de jardim com potencial de compostagem e diminuição de resíduos indiferenciados, reduzindo, ainda, a sua deposição em aterros.

 

A separação destes resíduos permite o seu encaminhamento para a Central de Valorização Orgânica da LIPOR, onde posteriormente são transformados em composto NUTRIMAIS.

- Publicidade -