Maia mantém programa de saúde escolar pelo sexto ano

0
257
- Publicidade -


A Câmara Municipal da Maia assinou, esta terça-feira, os protocolos para dar continuidade, pelo sexto ano consecutivo, ao programa de saúde escolar, com as entidades envolvidas, parceiros científicos, padrinhos dos projectos e agrupamentos escolares. A sensibilização para os conceitos de saúde e de bem-estar, vai ser levada a cabo durante o ano lectivo pelo gabinete de saúde e os parceiros científicos, abrangendo cerca de oito mil alunos dos jardins de infância e escolas do 1º ciclo da rede pública e da Santa Casa de Misericórdia.

De acordo com o vereador do pelouro da Saúde da Câmara Municipal da Maia, Nogueira dos Santos, prevenir e formar continua a ser a melhor política. “Sabemos que desta forma podemos atingir alguns coeficientes que não conseguíamos se não tivéssemos actuado desta forma. Naturalmente estamos a fazê-lo nestas idades, mas sabemos que para além deles serem um veículo transmissor importante de noções para a família, também para eles vai ser uma formação e conceitos de prevenção fundamentais para o dia-a-dia e para o crescimento deles”, justifica.

A iniciativa decorre pelo sexto ano consecutivo e Nogueira dos Santos garante que já há dados que confirmam uma mudança de hábitos da comunidade escolar. Por exemplo, no que toca ao pequeno almoço, o vereador garante que se notou uma mudança considerável. “Começa-se a sentir uma forte implementação do pequeno almoço nos hábitos familiares, quase 90 por cento das crianças não tomava o pequeno almoço em casa, neste momento, segundo os questionários já ultrapassa os 50 por cento o número de crianças que toma o pequeno almoço”, enumera.

O vereador responsável pelo pelouro da Saúde e da Educação salienta ainda que essa mudança de hábitos também se reflecte no desempenho dos mais novos na escola. “Nota-se com maior rendimento energético nas salas de aulas”. Mas também se nota, por exemplo, na melhoria dos índices dentários e “os padrões da Maia estão dentro dos parâmetros exigidos pela Organização Mundial de Saúde”. Em suma, acrescenta, “há significativas melhorias na evolução da saúde e dos conhecimentos de saúde dos maiatos”.

Os parceiros científicos juntam entidades como a ACES, Grande Porto IV – Maia, a Associação dos Industriais de Panificação, Pastelaria e Similares do Norte, a Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário, a Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto, a Faculdade das Ciências da Nutrição e Alimentação do Porto, o Grupo Esfera Saúde, o Instituto Superior de saúde do Alto Ave, a Liga Portuguesa Contra o Cancro e a Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa

Aos parceiros científicos, juntam-se também sete padrinhos, figuras conhecidas que vão dar a cara pelos diferentes projectos. O Chef Hernâni Ermida e a estilista Katty Xiomara são já repetentes. Este ano, juntam-se mais cinco figuras públicas, nomeadamente a apresentadora da SIC Radical, Carolina Torres, o vocalista do grupo Per7ume, Tozé, e os atletas olímpicos Fernanda Ribeiro, Rui Silva e Luís Sá.

O projecto de Educação Postural é apadrinhado pelos três atletas olímpicos Da sua parte, Fernanda Ribeiro garante que vai dar especial atenção à alimentação por causa da obesidade. “Uma das preocupações que me falaram é por causa das crianças obesas e espero conseguir mudar algumas dessas crianças. Vou lá como atleta, por aquilo que já fiz, vou falar um bocado da alimentação que faço e é assim que eu vou tentar ajudar neste projecto”, explicou.

Já Carolina Torres aponta como principal preocupação os cuidados a ter com a ingestão de açúcar por causa dos dentes. Apadrinha o projecto de Higiene Oral e espera dar bom exemplo aos mais novos. Dos tempos de escola, recorda ainda alguns ensinamentos que lhe foram transmitidos. “Se eu puder ajudar a que os mais novos tenham cuidado com os dentes, como conseguiram fazer comigo, estou dentro”. E deixou a promessa de participar activamente, indo às escolas e contactando com os mais novos, sempre que as gravações em Lisboa lhe permitirem umas visitas à cidade da Maia.

- Publicidade -