Maia oferece mais de 30 toneladas de alimentos

0
193

Resultou o apelo à generosidade dos portugueses. No último fim-de-semana de Maio, os 17 Bancos Alimentares Contra a Fome do país recolheram 2006 toneladas de alimentos. O resultado da campanha traduziu-se numa subida de 3,9 por cento face a igual período de 2009. E a Maia contribuiu com 30.703 quilos de alimentos, recolhidos em 15 superfícies comerciais do concelho, onde estiveram a ajudar o Banco Alimentar 150 voluntários.

Em todo o país, nos dias 29 e 30 de Maio, cerca de 28 mil voluntários estiveram em mais de 1400 superfícies comerciais de Abrantes, Algarve, Aveiro, Braga, Coimbra, Cova da Beira, Évora, Beja, Leiria-Fátima, Lisboa, Oeste, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, S. Miguel, Viana do Castelo e Viseu. Só na zona de actuação do Banco Alimentar Contra a Fome do Porto, em 210 superfícies comerciais, cinco mil voluntários recolheram 347 toneladas de produtos alimentares.

Ao lema “Por mais pequena que seja a sua contribuição, muitas pessoas beneficiam da sua ajuda”, os portugueses responderam com maior quantidade de alimentos oferecidos. Numa altura em que “os desempregados, os idosos, as crianças e as famílias desestruturadas são os grupos mais atingidos pela situação de forte agravamento da situação económica que se vive em Portugal e no Mundo”, lia-se no press de lançamento da campanha. Mas, até domingo, dia 6 de Junho, decorre ainda a campanha “Ajuda Vale”, permitindo aos portugueses ajudarem através dos vales de produtos disponíveis nas cadeias Dia / Minipreço, El Corte Inglés, Jumbo / Pão de Açúcar, Lidl, Bonjour / Modelo / Continente, Pingo Doce e Feira Nova.

A partir desta semana, os alimentos recolhidos no sábado e no domingo são distribuídos pelas 1750 instituições de solidariedade social que concedem apoio alimentar a cerca de 275 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, em todo o país. Na área de actuação do Porto, serão 68 mil 411 as pessoas a beneficiarem desta ajudam, através de 356 instituições de solidariedade social.

Marta Costa