Maia recebe Feira do Cavalo e Grande Prémio de Portugal de Galope e Trote

0
277

Entre sexta e domingo, a Maia será a capital portuguesa do cavalo, com a realização, no Hipódromo Municipal da Maia, em Silva Escura, a 1ª Feira do Cavalo da Maia e Grande Prémio de Portugal de Galope e Trote. É um evento organizado pelo Centro Equestre da Maia, Câmara Municipal da Maia e Junta de Freguesia de Silva Escura.

Mais que um espaço de negócios, que podem acontecer, a Feira do Cavalo é uma exposição de cavalos, apresentando-os junto da população. Em destaque estarão as raças puro sangue inglês e o tratador francês, que são os cavalos que estarão em foco nas corridas do Grande Prémio.

Apostas a caminho

Como todos os outros sectores da sociedade e da actividade económica, também o negócio dos cavalos sofreu uma quebra com a crise. Manuel Armando Oliveira, do Centro Equestre da Maia, assinala que um importante passo para contrariar as dificuldades do sector será implementar a legalização das apostas nas corridas, algo que só não existe em Portugal e Luxemburgo. “Acho que, neste momento, há vontade política para que essa alteração seja concretizada para bem da economia e do desenvolvimento rural, porque é preciso criar cavalos para que se façam as corridas. Assim, criamos em Portugal uma nova indústria”, refere o presidente do Centro.

A proposta que está em cima da mesa aponta para que seja a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa a coordenar e organizar o sistema de apostas. Manuel Armando Oliveira concorda, atendendo a que a instituição detém conhecimentos e equipamentos para esta tarefa.

Há vários anos que a Liga Portuguesa de Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida tenta convencer o governo a alterar a legislação e a permitir as apostas nas corridas. No domingo, dia 9, devem voltar a abordar o tema com o secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Daniel Campelo, que irá visitar os expositores e assistirá a duas provas de corridas de cavalos da 16.ª Jornada do Campeonato Nacional de Corridas de Cavalos.

Este é o Grande Prémio, sendo o expoente máximo para os participantes das Corridas de Cavalos de Galope e Trote no nosso país. Para estas provas foram apurados apenas os vencedores das corridas que se realizaram ao longo do ano.

Para o futuro, Manuel Armando Oliveira admite que pretende promover na Maia uma corrida que junte os países da União Hípica do Mediterrâneo. Talvez para 2014. É uma organização com um orçamento elevado, que implica o suporte das despesas de todos os participantes. Daí ser necessário garantir patrocinadores para o evento.

1ª Feira do Cavalo da Maia

Grande Prémio de Portugal de Galope e Trote

Programa

ENTRADA GRATUITA

Dia 7 de Setembro 2012

20h – Abertura da 1ª Feira do Cavalo da Maia com Desfile Equestre (charretes e a cavalo)

21h30 – Gincana a cavalo/Cavalhadas

Dia 8 de Setembro 2012

9h às 19h – Poule de Obstáculos

21h30 – Prova Masters

Dia 9 de Setembro 2012

9h – Batismo Equestre (gratuito)

11h – 16ª Jornada do Campeonato Nacional de Corridas de Cavalos

15h – Grande Prémio de Portugal – Galope e Trote

16h – Prova de Veteranos

Local

Hipódromo Municipal da Maia

R. Amaro Correia e Sá

Silva Escura, Maia

(junto à Igreja da Freguesia de Silva Escura)