Maia vai ter enfermaria de retaguarda na escola de Gueifães

0
1030

A escola de Gueifães, na Maia, vai ser transformada numa enfermaria de retaguarda. O estabelecimento acolherá 150 pessoas que testaram negativo para o novo coronavírus.

O presidente da Câmara, Silva Tiago, em entrevista a um canal de televisão, explicou que este centro de acolhimento de idosos sem a doença, a que chama “idosos Covid negativos”, vai receber pessoas que “saiam do hospital ou de lares, ou mesmo de uma habitação própria, em que não existam condições para ter os devidos cuidados nem para ficar isolados”.

O projeto prevê um máximo de 150 camas, sendo que a Câmara da Maia vai disponibilizar a alimentação.

No centro de rastreio móvel já foram feitos 1300 testes. Este centro de acolhimento Covid Negativo começa a funcionar já na próxima segunda-feira.