Maiambiente reuniu com presidentes de Junta do concelho da Maia

0
370
imagem de arquivo
- Publicidade -

Maiambiente realizou conferência online com os presidentes de Junta de Freguesia do concelho da Maia para esclarecer implementação do projeto Recicle Mais Pague Menos.

Envolver, cada vez mais, a população maiata no projeto Recicle Mais Pague Menos é o objetivo do Município da Maia. Exemplo disso, foi o webinar realizado, pela Maiambiente, para os presidentes das Juntas de Freguesia do concelho.

O mote foi criar um espaço onde pudessem ser esclarecidas todas as dúvidas existentes para que as Juntas de Freguesia possam ser um interlocutor ativo junto dos cidadãos.
 
Cientes da relevância do papel das Juntas de Freguesia junto da comunidade, a Maiambiente procurou, com esta apresentação, dar a conhecer, ao pormenor, todos os detalhes da iniciativa, respondendo às questões que possam estar a surgir por parte dos munícipes.
 
Maia inova na implementação da forma de cálculo da tarifa de resíduos
 
De acordo com a Maiambiente, em nota de imprensa, o Município da Maia é o primeiro do país a indexar a tarifa de pagamento da gestão de resíduos indiferenciados à sua produção, deixando tal tarifa de estar relacionada com o consumo de água. A iniciativa Recicle Mais Pague Menos arrancou no início de maio e abrange, nesta primeira fase, 3.500 fogos e perto de 10.000 pessoas.
 
Com este projeto pioneiro a nível nacional, os munícipes da Maia passarão a pagar o valor justo pelos resíduos que colocam no contentor do indiferenciado, o que significa que, quanto mais reciclarem, menos pagam.
 
A implementação deste modelo será faseada, de acordo com a tipologia de habitação, ocorrendo a primeira fase em habitações unifamiliares, com términus em 2022, prevendo-se uma segunda fase em edifícios multifamiliares dotados de compartimentos de resíduos, em 2023, e uma terceira fase em edifícios multifamiliares que utilizam equipamentos coletivos de via pública, em 2024.
 

- Publicidade -