Maiatos solidários no Dia dos Pobres

0
323
- Publicidade -

Decorreram na cidade da Maia, de 17 a 19 de novembro, a associação Jafetos promoveu três eventos solidários, que pretenderam angariar alimentos, para serem doados ao Centro Comunitário de Vermoim-Sobreiro, no âmbito da celebração do Dia dos Pobres.

A Jafetos – Associação de Jovens Voluntários associou-se aos Missionários Combonianos da Maia e ao Grupo Jovem + lançando à comunidade da Maia o desafio da participação e envolvimento nestas iniciativas de forma a contribuírem para quem mais precisa.

O objetivo foi conseguido, refere a Jafetos e a sua diretora Paula Sá, que lembra que, “após um Concerto protagonizado pela Amare, que nos proporcionou um momento de música único, uma Vigília que nos levou a comprometer com o Pobre que está ao nosso lado, terminamos com a Eucaristia do Pobre, com o Pobre e para o Pobre.

Se por um lado a problemática social da pobreza é uma questão que a todos nos preocupa, principalmente aos jovens, por outro lado, é também uma forma de nos sensibilizarmos e refletirmos sobre o nosso modo de vida, enquanto seres humanos. A questão educativa que esta problemática nos oferece, é bastante valiosa e, como nos diz o Papa Francisco, os pobres são o caminho para uma evangelização e para uma tomada de consciência. É preciso mudar a nossa cultura de desperdício e é preciso, fundamentalmente, assumir um quotidiano de partilha, com o nosso irmão e o nosso vizinho mais necessitado”.

Ao fim de três dias de partilha com muitos maiatos, foi possível reunir 679 produtos alimentares e uma verba em dinheiro no valor de 51 euros. Entre os produtos doados encontram-se chocolates, ervilhas, café, cereais, milho, arroz, massa, conservas, batata, sal e azeite, entre muitos outros.

Paula Sá refere que ficou sensibilizada com a demonstração de preocupação com a problemática por parte do presidente da Câmara, António Silva Tiago, que esteve presente na iniciativa, assim como estiveram o presidente da Assembleia Municipal, Bragança Fernandes, e as vereadoras Emília Santos, Ana Miguel Vieira de Carvalho, entre muitas outras personalidades e instituições da Maia, que se associaram com o seu empenho à organização.

Paula Sá, da Jafetos, deixa ainda uma palavra especial para Mário Figueiredo, coordenador do Centro Comunitário Vermoim-Sobreiro, pela “exemplar ajuda que presta aos pobres e excelente trabalho que desenvolve no Centro Comunitário, dando esperança de que a pobreza poderá acabar”.

- Publicidade -