Maria Inês encontrou dador

0
248

Mais um caso de sucesso nas campanhas de angariação de potenciais dadores de medula óssea. Agora, com boas notícias para a Maria Inês, filha de um casal de Gueifães na Maia, embora a residir actualmente em S. Félix da Marinha, em Vila Nova de Gaia.

A menina de oito anos a quem foi diagnosticada em Março uma leucemia mieloblástica aguda encontrou um dador compatível para o transplante, já marcado para Agosto. A revelação foi feita ontem pelo pai, na página do Facebook (FB). Reiterando sempre ter mantido a esperança, acompanhada de ansiedade, José Filipe Silva dirigiu-se a “todos os familiares, amigos e amigos do FB que, directa ou indirectamente, se manifestaram, envolveram e se associaram à causa da Maria Inês, quer participando com ‘um gesto de solidariedade e amor ao próximo’ quer divulgando a causa”.

Foi através desta rede social, onde o grupo “Vamos ajudar a Maria Inês” conta com 14 mil 396 membros, que o pai comunicou, “com imensa satisfação e alegria”, que a Maria Inês já tem dador compatível.

MC