Nonagenário bem disposto após vacinação no Centro de Vacinação Covid19 da Maia

0
469
Márcia Paulos e António Paulos (foto A.Santos)
- Publicidade -

António Paulos, de 92 anos, foi pelo próprio pé acompanhado da neta, Márcia, até ao Centro de Vacinação Covid19 na Maia.

Começou esta manhã de terça-feira a vacinação para os maiores de 80 anos neste novo espaço, destinado ao concelho da Maia, e que funciona na Junta de Freguesia de Gemunde (Castelo da Maia). António Paulos cumpriu com a sua vez e foi levar a vacina.

Para este sénior, que ainda faz os seus trabalhos em casa, foi mais uma manhã normal. À saída da Junta de Gemunde, disse que “estava tudo bem”, cheio de boa disposição e alento para continuar o dia.

Medo da vacina? “Não, nada, mais furo menos furo…não tem problema nenhum, nem senti!”, respondeu sorridente.

De resto, António Paulos confirmou que desde o início que quis ser vacinado. E agora, mais seguro?
Ora, isso…o nonagenário entrega-se ao ser superior: “falta saber, só Deus é que sabe”.

Mas “temos que confiar e acreditar no que nos dizem os médicos”, rematou António Paulos.

Áudio: António Paulos

O Centro de Vacinação Covid19 da Maia funciona no polo da Junta em Gemunde, do Castelo da Maia, das 8h00 às 20h00 diariamente.

Nesta fase dedicada aos maiores de 80 anos e maiores de 50 com comorbilidades, o Centro está por enquanto apenas a vacinar os octagenários, dado que o stock de vacinas que possui é da Pfizer. A partir de quinta-feira deverá chegar a vacina da AstraZeneca, sendo então a partir daí chamadas as pessoas com mais de 50 anos e comorbilidades.

O Centro de vacinação tem capacidade para inocular cerca de 360 pessoas por dia, prevendo-se que sejam chamadas nesta fase da vacinação cerca de 18 mil pessoas no concelho da Maia.

No fim de semana, já foram administradas vacinas neste Centro a profissionais de serviços essenciais como forças de segurança do concelho, PSP e GNR, e ainda a Bombeiros e Cruz Vermelha.

- Publicidade -