Nortávia dá formação na OGMA

0
208

A Nortávia, empresa sediada no concelho da Maia, inaugurou em Portugal um serviço inovador e de referência no panorama europeu, ao nível de formação aeronáutica no âmbito das normas da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA), com o selo de qualidade da sua estrutura certificada Part-147 Maintenance Training Organization.

Em Alverca, a Nortávia apresentou na OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal S.A. um conjunto de três cursos de formação altamente especializados e até aqui apenas acessíveis em algumas empresas a nível internacional. “O aparecimento desta oferta em Portugal vem colmatar uma falha que afectava seriamente as empresas de aviação nacionais, já que estas formações têm carácter obrigatório e eram de acesso difícil e dispendioso”, refere a empresa maiata em comunicado.
Nesta formação, acrescenta a mesma nota, participaram membros da gestão de topo da OGMA, incluindo o seu CEO. Os cursos foram adaptados à realidade da empresa e ministrados no âmbito das normas da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA).

Na base da escolha da Nortávia para ministrar estas formações, acrescenta o comunicado da empresa, estiveram “as credenciais da sua equipa de formação, com dezenas de anos de experiência acumulada em aviação ao nível europeu nas áreas de manutenção, engenharia, auditoria e qualidade no contexto da indústria e das autoridades de aviação civil, a versatilidade e inovação da oferta”.
Ainda para a OGMA, a Nortávia criou um curso “único” a nível europeu, ministrado no primeiro dia de formação. Este curso, até ao momento exclusivo da Nortávia, “no futuro será obrigatório para as equipas de gestão de topo das empresas de aviação civil”.
A Nortávia considera que inaugurou “com chave de ouro” esta nova área de negócio e espera corresponder às expectativas da indústria aeronáutica da Península Ibérica a este nível.