O “metro” dos pedroucenses

0
111

Para Pedrouços, a circulação de passageiros na linha de Leixões será uma espécie de transporte alternativo ao metro que ainda não chegou à freguesia. Nem se sabe ainda quando começará a servir a zona a Linha Amarela do Metro do Porto.

Embora admitindo que não conhece, ao pormenor, o traçado desta linha de Leixões no que toca ao serviço de transporte de passageiros, o presidente da Junta de Freguesia de Pedrouços não tem dúvidas que será benéfico para a população, apesar de estar “mais ou menos” servida em termos de transportes públicos rodoviários, ou seja, os autocarros. Ainda assim, adverte Abílio de Sousa que “não satisfaz a população no seu interior, porque o metro passará mais próximo”.

Também a pensar no alargamento da intermodalidade a este serviço, conclui o autarca em fim de mandato que, “quanto mais transportes houver, melhor, para as pessoas que usam transportes públicos terem mais facilidades em deslocarem-se”. Por exemplo, para o Hospital de S. João, graças à estação do transporte ferroviário de passageiros da linha de Leixões que será criada nas imediações.

PRIMEIRA MÃO tentou também contactar o presidente da Junta de Freguesia de Águas Santas, António Teixeira, mas sem sucesso por se encontrar de férias durante esta semana.

MC