Obras nas Guardeiras: nova rotunda é o princípio da transformação das vias em Moreira

0
458
foto de Junta de Freguesia de Moreira
- Publicidade -

Já se iniciaram no final da semana passada, as obras de construção da nova rotunda de ligação entre a Rua Conselheiro Luís de Magalhães (antiga EN13) e a urbanização da Quinta do Mosteiro, em Moreira da Maia.

A Junta de Moreira informa que “esta obra marca o início da requalificação da Rua Conselheiro Luís de Magalhães, a antiga EN 13, em Moreira”.

Uma obra a cargo da Câmara Municipal da Maia, que, frisa a Junta de Moreira, “vai conferir mais segurança a peões e demais utilizadores desta importante artéria da freguesia”.

Fonte do executivo de Moreira esclarece que esta nova rotunda é “apenas uma parte de um todo articulado e coerente, que pretende revolucionar a circulação de trânsito rodoviário em Moreira e promover os modos suaves, com destaque para o pedonal. Terá, ainda, a função de obrigar os veículos que circulam na antiga N13 a respeitarem a velocidade limite de circulação. Sabemos que isto não acontece vezes demais, com impactes na segurança de peões e automobilistas, no ruído e na poluição”.

Acrescenta ainda que toda a rua Conselheiro Luís de Magalhães (antiga EN13 em Moreira) vai ser requalificada, com construção de passeios e novos sistemas de drenagem de águas pluviais e nova iluminação.

A intervenção global incluirá ainda a construção de uma rua de ligação da urbanização da Quinta do Mosteiro à rua Dr. Farinhote, um pouco a norte do Mosteiro, perto do centro hípico – o espaço em causa é hoje um caminho de terra batida.

A Rua Fernando Sá passará a ter ligação direta à EN13. Irá ficar concluída a Av. Dr. Vieira de Carvalho, que ligará a rua Dr. Farinhote à rua Cruz das Guardeiras – o processo de expropriação de terrenos está em conclusão e o projeto está feito.

A mesma fonte do executivo adianta que “está já em construção o prolongamento da via periférica da Maia até à rotunda da SONAE. E este aspeto é muito importante para Moreira, já que significa que todas as pessoas que vivem na Quinta de Moreira, Ponte de Moreira, Santa Luzia, Crestins e até Pedras Rubras, terão um acesso mais rápido ao centro da Maia e outras freguesias, podendo deixar de ir ao cruzamento do Padrão de Moreira para se deslocarem à Maia”.

É ainda possível adiantar que, a médio prazo, está previsto no PDM uma via de ligação da EN13 à Zona Industrial, a norte do Miramaia shopping, perto da fronteira com Vila do Conde, para desviar o tráfego de pesados da Rua Engº Frederico Ulrich até ao cruzamento dos Campos Verdes.

- Publicidade -