Oficinas da imagem recomeçam em Janeiro

0
118

O Pelouro da Cultura da Câmara Municipal da Maia disponibiliza já no próximo mês de Janeiro o serviço de formação especializada, dedicado aos jovens do concelho da Maia.

Nesta sua nova versão 2010, há novidades em abundância para tornar as sessões de formação, mais atractivas e dinâmicas, de forma a manter o nível de motivação elevado e estável.

A aposta do Pelouro da Cultura assenta num programa criteriosamente elaborado que concilia a formação técnica, o conhecimento histórico-cultural sobre a evolução da fotografia, do cinema e do vídeo, bem como a formação artística, com vista à exploração do potencial criativo de cada formando.

Após uma campanha de ampla divulgação deste serviço à comunidade, levada a cabo sobretudo nas escolas da Maia, a classe que frequentará a disciplina de fotografia, está repleta, facto que demonstra bem o enorme interesse por esta área que encontra resposta nas Oficinas da Imagem.

As oficinas vão funcionar, organizadas em duas disciplinas, fotografia e vídeo, contando com formadores licenciados e especialistas em cada uma dessas áreas.

Os programas de formação estão disponíveis on-line, no portal da cultura (http://cultura.maiadigital.pt), onde os interessados poderão consultar os conteúdos programáticos e informar-se acerca das condições e contactos a estabelecer, caso pretendam frequentar as oficinas.

Esta iniciativa tem como público-alvo, os jovens em idade de frequentar o ensino secundário. Segundo o vereador da Cultura, Mário Neves, este projecto foi profundamente reformulado, apresentando agora, uma oferta formativa com metodologias pedagogicamente mais adequadas a uma geração que convive quotidianamente com a tecnologia e cuja percepção e exigência, requer um grande rigor, na forma e no conteúdo da formação que lhe é proporcionada. Ainda segundo o autarca, as renovadas Oficinas da Imagem, vão estar apetrechadas de uma tecnologia que coloca ao serviço dos formadores e formandos, ferramentas de trabalho e criação que permitirão aos jovens, dar largas à sua imaginação e potencial criativo.