Passageiros satisfeitos com o Metro

0
141

A Maia está entre os quatro concelhos de origem do cliente habitual do Metro do Porto. Logo a seguir ao Porto, Vila Nova de Gaia e Matosinhos.

Esta é apenas uma das conclusões do “Estudo de Perfil e Satisfação do Utilizador do Metro do Porto,”, na segunda-feira divulgado pela empresa.

Encomendado pela Metro do Porto à empresa Domp, S.A., o estudo diz respeito a 2008 e permite concluir que foi um ano em que o serviço satisfez quase 76 por cento dos clientes.

Rapidez, pontualidade e frequência dos veículos foram os factores mais destacados pelos utilizadores do Metro do Porto. No inquérito de satisfação relativo a 2008, salientaram ainda a competência dos agentes de condução e o conforto dos veículos. Estas e outras dimensões avaliadas no estudo encomendado pela empresa fazem com que 75,9 por cento dos utentes se confesse satisfeito com o sistema.

Mais de 91 % conclui que o Metro foi “benéfico para a sociedade e para o ambiente” e admite que “no futuro mais pessoas vão utilizar este meio de transporte”.

Mas quem são esses utilizadores do metro? A empresa responsável pelo estudo conclui que o “cliente ‘modelo’” é uma estudante do sexo feminino, solteira, com menos de 24 anos, e de uma classe social alta ou média-alta, a residir no concelho do Porto.

Quanto aos motivos que levam estes passageiros a escolher o metro, os inquiridos citaram a rapidez, o conforto e o baixo custo. Até porque utilizam o metropolitano, maioritariamente, para deslocações diárias para o o local de trabalho, escola ou faculdade.

Os utilizadores do metropolitano aproveitaram ainda o estudo para dizer que ainda é preciso melhorar a cobertura da rede. E apontam o dedo ao preçário aplicado por zonas e aos preços dos bilhetes.

O metro do Porto diz estar a trabalhar para fazer aumentar os níveis de satisfação. A empresa destaca os trabalhos de alargamento da rede a outros concelhos, os novos serviços e os testes a uma nova frota de veículos.

Ficha Técnica

Encomendado à empresa Domp, S.A. , o “Estudo de Perfil e Satisfação do Utilizador do Metro do Porto” foi desenvolvido em duas fases. Primeiro, a empresa definiu os critérios considerados mais relevantes para avaliar a satisfação dos clientes. Seguiu-se o trabalho de campo, com entrevistas directas e pessoais a 1459 indivíduos. Foram realizadas entre os dias 21 e 27 de Novembro do ano passado. O nível de confiança é de 95 por cento.

Marta Costa