Pequenos Cantores da Maia abrilhantaram Jornadas de Pediatria em Guimarães

0
88

O Coral Infantil Municipal dos Pequenos Cantores da Maia abrilhantou, na passada sexta-feira, 22 de Janeiro, ao fim da tarde, na Pousada de Santa Marinha da Costa, em Guimarães, as Jornadas de Pediatria, subordinadas ao tema – Adolescência e desenvolvimento -, promovidas pelo serviço de Pediatria do Hospital Nossa Senhora da Oliveira, actualmente designado por Centro Hospitalar do Alto Ave.

O convite endereçado ao Presidente da Câmara Municipal da Maia e Patrono dos Pequenos Cantores da Maia, Bragança Fernandes, chegou expressamente enviado pelo Director do Serviço de Pediatria daquele hospital, Pedro Freitas, através da Médica Pediatra, natural e residente na Maia, Isolina Aguiar, uma entusiástica fã dos Pequenos Cantores da Maia que se tem revelado uma indefectível divulgadora do coral infantil municipal.

O programa interpretado pelos Pequenos Cantores da Maia foi criteriosamente escolhido pelo Maestro Victor Dias, por forma a abordar temas que, de algum modo, se inserissem na temática específica das jornadas, facto que o Director do Serviço de Pediatria e os outros técnicos de saúde ali presentes, muito apreciaram, dispensando calorosos aplausos.

No fim do pequeno concerto, o coral foi obsequiado com um jantar principesco que fez as delícias dos mais novos.

Em sinal de reconhecimento e para marcar a passagem dos Pequenos Cantores da Maia por Guimarães, expressando assim o seu apreço pelo momento artístico-cultural proporcionado pelas crianças e jovens artistas, o Pedro Freitas ofereceu ao Maestro, um livro com belíssimas fotografias da cidade berço que em 2012 será Capital da Cultura.

Em declarações ao Primeira Mão, Victor dias, afirmou ter sido de facto “uma experiência muito enriquecedora porque estávamos perante um público especialmente conhecedor da dimensão humana das crianças e jovens, quer do ponto de vista físico, mental e espiritual e isso fez com que apreciasse melhor a nossa música e o conteúdo das mensagens que procuramos veicular através dela. Foi um público extraordinário, muito afável e caloroso e isso faz toda a diferença. Estou convencido que os Pequenos Cantores que lá estiveram jamais esquecerão esse fim de tarde e noite de sexta-feira, em que foram tratados como gente grande”.