PLP entrou na “fase crucial”

0
186

Quando falta pouco mais de um mês para o Dia L (20 de Março), “chegou a hora de todos ajudarem, de todos deitarem Mãos à Obra”. O alerta foi lançado esta semana pela coordenação nacional do Projecto Limpar Portugal (PLP). Na mesma semana em que a coordenação do grupo da Maia assume estar a atravessar “uma fase crucial”, depois de realizadas duas incursões às lixeiras do concelho.

Porque “as dificuldades têm sido e são muitas”, a coordenação nacional apela a todos os voluntários no sentido de verificarem se está organizado, e em andamento, o concelho em que se inscreveram, oferecendo a ajuda, já que esses mesmos problemas que têm sido detectados são “facilmente ultrapassáveis”, lê-se no site do movimento. E sublinha que é “urgente” localizar as lixeiras, bem como assegurar os meios de recolha, transporte e deposição do lixo”.

É exactamente a pensar na obtenção de meios para a limpeza das já mais de 150 lixeiras referenciadas no concelho que o coordenador do grupo da Maia do PLP apela à participação do membros – 180 inscritos até esta quarta-feira – na quarta reunião do grupo. É já no sábado, a partir das 10h00, no auditório do Fórum Jovem da Maia. Adverte João Guimarães que esta “fase crucial impõe a colaboração de todos”.

Da ordem de trabalhos deste encontro faz parte a necessidade de organizar o contacto com entidades – e respectiva formalização de parcerias – “para quem possa de alguma forma disponibilizar meios para a remoção das lixeiras”.

Nesta quarta reunião concelhia, a coordenação pretende ainda preparar a limpeza piloto, agendada para o dia 20 deste mês, às 9h00. Quanto à validação das lixeiras a limpar no Dia L, foi marcada para o fim-de-semana de 13 e 14 de Março. E às 21h00 do dia 15, o grupo da Maia faz a última reunião geral para assegurar que 20 de Março seja o dia de “Limpar a Maia, Limpar Portugal”.

Marta Costa