Polícia Judiciária detém suspeito de crimes de coacção sexual

0
145

A Polícia Judiciária deteve um homem por presumível autoria de crimes de coacção sexual e de pornografia de que foi vítima uma menor, na zona da Maia.

Ao arguido, que nada tem a ver com casos idênticos recentemente noticiados, foi apreendido material informático que estará relacionado com o mesmo crime.

O detido, de 35 anos de idade, desempregado, já tinha sido condenado por crimes da mesma natureza. Depois de interrogatório judicial o homem ficou obrigado a apresentações periódicas às autoridades.

Entretanto, a PJ deteve ainda um homem como presumível autor de crimes de homicídio qualificado, roubo e incêndio ocorrido no Porto, na manhã de 26 de Setembro de 2008.

Na sequência de um incêndio ocorrido no interior de um armazém abandonado, havia sido identificado um indivíduo do sexo masculino que ali pernoitava juntamente com outros sem-abrigo e que tinha morrido carbonizado. A investigação apurou que o arguido, entretanto localizado e detido, terá agredido a vítima, a quem retirou uma quantia correspondente ao valor da pensão da segurança social, incendiando depois o local.

O detido, de 45 anos de idade, desempregado, é suspeito de outros casos semelhantes em Portugal e no estrangeiro. Ficou em prisão preventiva.