Preços das portagens nas SCUT estão definidos

0
215


O Diário da República publica hoje os novos preços para as viagens nas chamadas SCUT, concluindo-se que a mais cara para os utilizadores é a A28, no Norte Litoral, que custará 4.05 euros nos novos troços pagos.

Das SCUT que vão começar a ser pagas a partir de 01 de Julho – Norte Litoral, Grande Porto e Costa de Prata – a mais barata é a A4 (Porto), onde os utentes terão de pagar apenas 50 cêntimos pela viagem nos troços que o Governo decidiu cobrar.

Haverá sublanços isentos de pagamento. Na A28, haverá quatro sublanços com portagens: entre Angeiras e Modivos, Póvoa de Varzim e Estela, Esposende e Antas e ainda entre Neiva e Darque. Outros quatro percursos estão isentos de pagamento.

Na A4, no Grande Porto: os dois sublanços portajados ficam a um custo de 50 cêntimos. Noutros três, haverá isenção. Sete sublanços da A41 passarão a ser pagos, num valor total de dois euros.
A A29 passará a ser a mais cara da região, com quatro percursos pagos, num custo total de 2,95 euros.
A A17 passará a ter três zonas com portagens, custando 2,15 euros. Já a A25, custará aos utentes 1,40 euros.

A cobrança destas portagens está dependente da votação de um projeto de lei, no Parlamento, que visa impedir a entrada em funcionamento do novo sistema de cobranças através de chips nas matrícula.