Produtores querem aumento do preço do leite

0
292
foto de arquivo
- Publicidade -

A Associação dos Produtores de Leite de Portugal (APROLEP) diz que a solução para os problemas do setor leiteiro nacional passa por aumentar o preço do litro de leite.

Carlos Neves, presidente da APROLEP, considera que um aumento de sete cêntimos seria suficiente para ajudar a minimizar os problemas do setor. É que os agricultores estão a receber 28 cêntimos por litro de leite, quando o custo de produção estimado ascende a 34 cêntimos. “Não é suficiente para pensarmos no futuro, para pagar investimentos e para aquilo que são as despesas normais”.

O dirigente acrescenta ainda que “é um contra senso que um país que não produz mais do que aquilo que consome, os produtores terem preços inferiores do que aquilo que é praticado na França ou na Holanda, que são grandes exportadores”.

Para que fique claro, Carlos Neves defende que não é tão importante para os produtores receberem ajudas ou subsídios, preferem ter o pagamento justo: “nós não queremos que nos dêem ajudas ou subsídios, queremos é poder dispensar essas ajudas”. Assim, Carlos Neves adianta que deve haver “um trabalho da indústria para valorizar mais o leite e da distribuição, uma combinação entre os dois, para nos passar tudo o que for possível aos produtores. Não é justo estarem sempre com margens de lucro garantidas e depois pagar o mínimo possível ao produtor”.

Esta reivindicação surge no início de um novo ano e perante a já anunciada redução das ajudas diretas à produção de leite, prevista na reforma da PAC para 2017.

- Publicidade -