Projeto ‘Recicle mais e pague menos’ avança na Maia

0
289
- Publicidade -

A Maia prepara-se para iniciar o processo de mudança da forma de cálculo da tarifa de resíduos sólidos, paga pelos munícipes e empresas, que atualmente está indexada ao consumo de água.

O munícipio vai começar a implementar até final do ano o modelo de tarifário com o conceito de “poluidor-pagador”.

“Recicle mais. Pague menos” é o nome da campanha que irá ser apresentada na próxima segunda feira, 3 de maio, pelas 10h, nos Paços do Concelho da Maia.

O novo modelo a implementar na Maia será uma concretização de um sistema PAYT – Pay as You Throw, que mais não é do que uma aplicação à produção e recolha dos resíduos sólidos urbanos (RSU) do princípio “poluidor pagador”. Isto é, ao munícipe caberá pagar pelo lixo indiferenciado (apenas este) que efetivamente produzir, e não em função da água que consumir o seu agregado familiar, como atualmente acontece.

O objetivo do novo modelo é ter um modelo tarifário mais justo, e em simultâneo, incentivar a separação de resíduos aumentando o volume de reciclagem.

- Publicidade -