Protestos contra portagens nas SCUTs aceleram

1
13


As comissões de utentes contra a introdução de portagens nas Scut (auto-estradas sem custo para o utilizador) Costa de Prata, Norte Litoral e Grande Porto manifestam-se a partir de hoje, realizando marchas lentas em dias diferentes.

O protesto tem início com a realização de uma marcha lenta dos utentes da Costa de Prata, na A29.
Segue-se na quarta-feira o desfile na A41/A41 (SCUT do Grande Porto), estando a última marcha programada para a Scut Norte Litoral, na A28, no dia 2 de Junho.

As comissões de utentes garantem manter os protestos até que o Governo recue na decisão de colocar portagens naquelas três Scut.

1 COMENTÁRIO

  1. As portagens são como o sol – quando nascem devem ser para todos,
    desde que sejam Autoestradas, em muitos casos nao teem nem de perto
    perfil de Autoestrada,a actual A25 por exemplo, tem subidas e descidas
    de montanha,curvas de montanha e como toda a gente sabe nao tem segurança
    nenhuma,foi feita como IP, depois foi alargada e passou a A25.
    Que legitimidade têm alguns para querer não pagar portagens, quando
    há outros que as pagam há muito…pagam á muito portagens de
    Autoestradas,é correcto, a A29 foi feita em grande parte em cima de uma
    estrada nacional, é estreita, na realidade existem pessoas que nao sabem o
    que dizem.
    os critérios de pagamento, no norte quem vive a 10km de uma scut nao paga,
    no sul sao 20km, isso é discriminaçao.
    Protestar com buzinoes, ou apitos nas vias em questao de nada vale, no meu
    entender, era organizar um uma marcha de protesto ate Lisboa, e protestar
    em Lisboa, engarrafar as entradas para Lisboa, e ai sim o que gostava de
    ser Engenheiro iria sentir o protesto, protestar no Norte, nem aqueçe nem
    arrefeçe ao governo de Lisboa, pelo contrario, acaba por ser um divertimento
    para eles.

Comments are closed.