PSD preocupado com a Refinaria de Matosinhos

0
307
imagem DR
- Publicidade -

A Distrital do Porto dos Trabalhadores Social Democratas – TSD Porto, a concelhia do PSD de Matosinhos e a Distrital do Porto do PSD, reuniram-se esta segunda-feira com os representantes dos sindicatos que acompanham a situação laboral na Refinaria de Matosinhos.

«Constata-se uma enorme incerteza e falta de informação sobre o futuro projeto empresarial (se é que irá haver e qual será) o que aporta uma carga de enorme angústia e ansiedade para centenas de trabalhadores da região que, direta e/ou indiretamente têm o seu posto de trabalho afeto à Refinaria, que perante esta inevitabilidade do encerramento, irão ter de enfrentar o desemprego e, por consequência, ter dificuldades em garantir com o sustento às suas famílias», afirmam os responsáveis social-democratas em nota de imprensa.

Neste sentido, o partido apela a que haja um relacionamento permanente e profícuo entre a empresa e os sindicatos e que, naquele que for o âmbito de intervenção do governo, os assuntos sejam objeto de uma negociação séria e responsável.

Perante esta circunstância e em caso de despedimentos, «que nenhum trabalhador fique sem a devida proteção social assegurada, e que o governo agilize os organismos da administração pública que atuam nos apoios ao emprego/desemprego e à proteção social, mobilizando-os para junto destes trabalhadores, atempadamente, monitorizando e apoiando na re(definição) dos seus projetos de vida profissional», apela-se ainda na nota.

Os social-democratas terminam afirmando: «compete ao governo assumir as suas responsabilidades de decisor político em áreas tão estratégicas como esta relacionada com a economia de uma região e do país, e também relacionada com o ambiente e transição energética».

- Publicidade -