PSP atua e detém traficantes de droga e rede que furtava e desmantelava automóveis no Norte

0
285
- Publicidade -

O Comando Metropolitano da PSP do Porto anunciou esta terça-feira, 17 de abril, a detenção de 12 pessoas e apreensão de 50 mil doses de drogas e de 400 mil euros.

É o resultado de uma operação policial de grande envergadura que visou «um conjunto alargado de indivíduos que, de forma organizada, se dedicavam ao tráfico de estupefacientes nas áreas das cidades do Porto, Vila Nova de Gaia e Maia», como refere a PSP em comunicado.

A Divisão de Investigação Criminal do Comando da PSP do Porto chegou a este resultado após a realização de 24 buscas domiciliárias e não domiciliárias nestes concelhos.

Já na passada quinta-feira, dia 12, a PSP conseguiu desagregar «um grupo de indivíduos que de forma organizada se dedicavam à prática do furto, desmantelamento e distribuição de componentes de viaturas automóveis».

Esta operação, de que resultou a detenção de três homens entre os 36 e os 41 anos de idade, residentes em Gondomar e Braga, é fruto de uma investigação iniciada há cerca de dois anos, visando a identificação e detenção de uma rede que se dedicava à prática do furto, desmantelamento e distribuição de componentes de viaturas automóveis.

A PSP tinha ainda por objetivo «a apreensão de meios de prova, assim como a recuperação de artigos e viaturas furtadas na zona norte do país, mormente, nas áreas do Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Maia, Gondomar, Valongo, Trofa, Santa Maria da Feira, Paços de Ferreira, Lousada, Paredes, Penafiel e Felgueiras».

Além de prender os suspeitos, a PSP apreendeu oito automóveis, «sendo que quatro viaturas ligeiras de passageiros constavam para apreender por terem sido furtadas», conforme foi divulgado no comunicado emitido pela PSP.

- Publicidade -