PSP detém carteiristas

0
167

A Divisão de Investigação Criminal da PSP do Porto deteve um casal, um homem de 45 anos e uma mulher de 33, pela prática de furtos de carteiras na área do Porto. Foi o resultado de uma investigação, que começou há alguns meses e terminou esta terça-feira com a realização de uma busca domiciliária na área do Porto.

De acordo com um comunicado do Comando Metropolitano da PSP, na sequência da busca domiciliária, os agentes apreenderam 38 porta-moedas, 24 carteiras de senhora, seis telemóveis, três relógios, sete pares de óculos, uma máquina fotográfica, duas medalhas em metal amarelo, três cartões de memória, vários cartões de débito/crédito, assim como cartões de cliente e vários conjuntos de chaves de residência e escritórios.

O casal dedicava-se à prática de furtos de carteiras nomeadamente em estabelecimentos de restauração, localizados na área do Porto. Segundo a mesma nota, as vítimas eram “preferencialmente do sexo feminino, aproveitando os mesmos para na sequência da apropriação indevida dos artigos, procederem a transacções comerciais e levantamento de dinheiro a partir dos cartões de débito/crédito furtados”.

No âmbito dos inquéritos em investigação, os suspeitos ficaram submetidos a Termo de Constituição de Arguido e Termo de Identidade e Residência. A PSP, depois de contactar o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, verificou que o homem se encontrava em permanência ilegal em território nacional, pelo que, foi presente ao Ministério Público junto do Tribunal de Pequena Instância Criminal do Porto.

Detenção por tráfico de droga

A PSP deteve ontem, (terça-feira), à noite, no Bairro do Viso, no Porto, dois homens, de 25 e 32 anos de idade, ambos desempregados e residentes em Matosinhos e Senhora da Hora respectivamente, por tráfico de estupefacientes.
No âmbito de uma acção policial de prevenção criminal, os agentes interceptaram os dois homens na posse de cocaína suficiente para 44 doses individuais e heroína suficiente para cerca de 45 doses individuais.