Receitas do Metro do Porto aumentaram em 2008

0
194

Continua a aumentar a procura do Metro do Porto. No ano passado, cresceu quase sete por cento, conclui a empresa no Relatório e Contas de 2008, hoje de manhã aprovado em assembleia-geral.

Esse aumento contribuiu também para o crescimento das receitas, na ordem dos 9,4 por cento. Atingiram, no final do ano passado, os 29 milhões e 200 mil euros.

No documento hoje aprovado, destaca-se ainda um recorde na história do Metro: em 2008, ultrapassou a fasquia dos 50 milhões de validações. Em média, o sistema registou mais de 170 mil validações em cada dia útil.

Destaca a empresa que, em 2008, foi também possível reduzir em quase dois por cento os custos directos de produção do Sistema de Metro Ligeiro. Com o pessoal, a Metro do Porto poupou 6,6 por cento.

Ainda assim, os custos financeiros da empresa, em 2008, atingiram os 68,7 milhões de euros, ou seja, mais 5,6 milhões do que em 2007.

Feitas as contas, a Metro do Porto encerrou o ano passado com um resultado líquido negativo de quase 149 milhões de euros.

De positivo, em relação ao último ano de actividade, há ainda a distinção com o prémio "Light Rail Award – Best New System", entregue pela União Internacional do Transporte Público (UITP).

Marta Costa