Rede Solidária do Medicamento entrou em funcionamento na Maia

0
324

O Município da Maia tem, desde esta quarta-feira, dia 6, um novo serviço de apoio à comunidade – a Rede Solidária do Medicamento. É uma parceria da Câmara Municipal da Maia com a Dignitude.

Entrou em funcionamento o Programa abem – Rede Solidária do Medicamento, que garante o acesso à medicação prescrita gratuitamente a famílias em situação de carência económica.

O programa destina-se a todos os maiatos identificados pelos Gabinetes de Atendimento Integrado Local (GAIL) e garantirá o apoio adicional ao atribuído pelo Serviço Nacional de Saúde na compra dos medicamentos, até 100 por cento do seu custo.

Para se candidatar a usufruir do apoio da Rede Solidária do Medicamento, os maiatos com dificuldades económicas devem dirigir-se aos GAIL da área de residência, que funcionam nas Juntas de Freguesia.

São elegíveis as pessoas cujo rendimento mensal do agregado familiar sejam na ordem dos 219 euros por pessoa, sendo que doentes crónicos, idosos com mais de 65 anos e jovens até aos 18 anos, têm majorações.

O Programa abem – Rede Solidária do Medicamento é uma parceria entre o Município da Maia e a Dignitude, Instituição Particular de Solidariedade Social, e conta ainda com o parceria de oito farmácias do concelho.