Rui Moreira (Porto) garante que contrato da STCP deverá ser renovado por mais 10 anos

0
160
STCP Maia
imagem de arquivo

A Câmara do Porto revelou, esta segunda-feira, que o contrato de serviço público da STCP, que termina em 2024, vai ser, durante este ano, alvo de uma reestruturação para ser renovado por um período de mais 10 anos.

A garantia foi transmitida por Rui Moreira num encontro com as organizações representativas dos trabalhadores (OTS) da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) que serviu para “apresentar em linhas gerais o que reserva o futuro da operadora de transportes públicos agora que a intermunicipalização da STCP se concretizou a 1 de janeiro de 2021”.

De acordo com informação disponibilizada no seu portal, o município do Porto, a quem cabe, enquanto acionista maioritário, assegurar a gestão da empresa, “esta decisão vem dar estabilidade à operadora de transportes exclusiva da cidade do Porto e aos seus trabalhadores, produzindo também efeitos ao nível das metas que a Câmara do Porto estabeleceu para os próximos anos: apostar na melhoria da oferta e da qualidade do serviço”.

No dia 31 de dezembro, o Governo anunciou a transferência dos 15,8 milhões de euros do défice operacional de 2020 da STCP, reunindo as condições para a passagem do capital e gestão para seis municípios, que reclamava que a operadora fosse entregue aos municípios com o “contador a zero”.

A STCP assegura o transporte coletivo público rodoviário de passageiros na Área Metropolitana do Porto, em regime de exclusividade dentro dos limites do concelho do Porto, e no regime geral de concessão nos concelhos limítrofes – Matosinhos, Maia, Valongo, Gondomar e Vila Nova de Gaia.