S. Valentim e o conceito do Amor

0
180
Dia Namorados2020

A história do Dia de São Valentim foi colocando as suas marcas ao longo das décadas. A origem tem várias versões. O certo é que impera o conceito do Amor…

Há quem recue a um dia de jejum tido em homenagem a São Valentim. E na Idade Média, dizia-se que o dia 14 de fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros.

Dia de São Valentim cai num dia festivo de um mártir cristão de nome Valentim (padre de Roma condenado à pena capital no século III).

Outros referem que este dia estará relacionado com um antigo festival romano chamado Lupercalia, que se realizava todo dia 14 de fevereiro. A festa celebrava a fertilidade homenageando Juno (deusa da mulher e casamento) e Pan (deus da natureza). Também marcava o início oficial da primavera.

Outra versão ainda diz que no século XVII, ingleses e franceses passaram a celebrar são Valentim como a união do Dia dos Namorados. A data foi adotada um século depois nos Estados Unidos, tornando-se o Saint Valentine’s Day.

Ao longo dos tempos o Dia dos Namorados tem sido retratado de diferentes formas, umas mais românticas e a apelarem primordialmente ao alimento para o espírito. No entanto, o corpo não pode ser descurado numa data tão especial. A Biblioteca Municipal da Maia apresenta aos visitantes uma seleção de receitas para o amor.

Nos anos mais recentes implantou-se ainda mais no comércio com grandes campanhas, havendo até críticas pelo apelo ao consumismo que é feito nesta altura.

Resta a cada um a escolha de como vivenciar este dia, celebrando, essencialmente o Amor…

Para um dia especial, há mimos que se podem desfrutar e/ou oferecer. No concelho da Maia, há muitas opções.
Uma refeição diferente, de preferência a dois… há experiências nos Restaurante Regional Tejo e Black Horse para degustar.

Uma flor ou um ramo completo é sempre um símbolo de amor e pode ser encontrado na Sonho em Flor.

E para estar em grande estilo para o encontro romântico, nada como marcar o seu momento no Inês Pereira Cabeleireiro.