Segunda fase do Tecmaia custou nove milhões de euros

0
244

O Tecmaia abriu hoje as portas aos jornalistas, para uma visita à segunda fase do projecto.

Trata-se do edifício do parque de ciência e tecnologia da Maia a inaugurar a 3 de Dezembro pelo Presidente da República, Cavaco Silva. Custou cerca de nove milhões de euros e é um espaço sobretudo de serviços às empresas. Assim o descreveu António Tavares, director do Tecmaia.

Ouça as declarações de António Tavares:

    [audio:FASE2_TECMAIA.mp3]

Este segundo edifício será inaugurado pelo Presidente da República numa altura em que já se fala da terceira fase de crescimento do parque e que passa pela criação de mais edifícios: um para indústrias criativas e outro que vai funcionar como incubadora de empresas.

Ouça as declarações de António Tavares:

   [audio: TECMAIA_FUTURO.mp3] 

São projectos que a Tecmaia vai candidatar ao Quadro de Referência Estratégica Nacional. Esta terceira fase do parque é para desenvolver ao longo de seis anos, prevendo-se que em 2016 esteja concluído o terceiro edifício para acolher empresas.

Marta Costa