Trabalhadores da Cerealis manifestaram-se em frente à fábrica

0
307
- Publicidade -

Mais de uma centena de trabalhadores da fábrica da Cerealis, na Maia, protestaram, esta quarta-feira de manhã, à porta da empresa.

Estão em greve (24 horas) para reclamar melhorias salariais queixando-se de discriminação na atribuição de aumentos salariais.

Algumas trabalhadores referem que por terem estado um período de baixa médica não tiveram direito a aumento salarial.

- Publicidade -