A Unidade de Saúde Familiar (USF) do Alto da Maia, em Água Santas, denunciou que está a ser roubado material de proteção, como máscaras cirúrgicas e gel desinfetante das suas instalações. A entidade apela ainda à população que informe sobre atividade suspeita nas instalações da USF.

“Caros utentes e amigos da USF Alto da Maia, na última semana fomos confrontados com uma atitude grave, que nos coloca a todos em risco”, lê-se no Facebook da USF do Alto da Maia.

“Já por três ocasiões foi roubado o desinfetante alcoólico que temos disponibilizado para os utentes na entrada do edifício, além de também terem roubado máscaras cirúrgicas que estavam disponíveis para fornecer aos utentes e papel higiénico das casas de banho”, pode ler-se no alerta.

Aquela USF recorda que tais atitudes colocam “todos em risco”, dado que têm “quantidades controladas daqueles produtos”, para além de que, se ficarem sem material de proteção, também eles, profissionais de saúde, podem ficar “doentes e em isolamento” na altura em que poderão “ser mais necessários”.

Por fim, aquela unidade de saúde deixa um apelo a todos os utentes: “Se detetarem alguma atividade suspeita nas instalações da unidade, informem a vigilante do edifício”.